Cassiano Dall'ago - Leiloeiro Oficial

ddd + telefone
área exclusiva
Esqueceu a senha?

Não tem cadastro? cadastre-se agora
Segunda, 24 de Fevereiro de 2020
Olá visitante, seja bem-vindo.
« voltar

CÓDIGO DO LEILÃO: 00656/2020

33ª VARA ESTADUAL de RECIFE-PERNAMBUCO

Autos n°: 0014222-73.2010.8.17.0001

1ª Praça: 06 de Março às 15h00 / 2ª Praça: 13 de Março às 15h00

Exequente: JOÃO LAURIANO BARBOSA / Executado: Carlos Magno dos Reis Michaeli

LOTE 01

ENCERRADO
LOCAL FÍSICO DO PREGÃO
Átrio do Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, no térreo, Hall Monumental, por trás da sala da Diretoria do Fórum, sito à Av. Desembargador Guerra Barreto, s/nº, Joana Bezerra
ATIVOS DISPONÍVEIS NESTE LEILÃO
Informações de Abertura
Incremento:  R$ 5.000,00
Total de visualizações:  60131
Total de lances:  0
Arrematantes homologados:  402
  • Lance inicial: R$ 480.000,00
  • Incremento: R$ 5.000,00
  • 1ª Praça 06 de Março às 15h00
  • Lance inicial em 1ª Praça R$ 480.000,00
  • 2ª Praça 13 de Março às 15h00
  • Lance inicial em 2ª Praça R$ 240.000,00
  • Localização: RECIFE/PE
No dia do Leilão acompanhe os Lances no Auditorio Virtual.
FORMAS DE PAGAMENTO
a) O pagamento do preço deve ser realizado preferencialmente à vista ou, no prazo máximo de 15 (quinze) dias corridos, mediante caução idônea (art. 892, CPC), no valor de 30% (trinta por cento) do lanço ofertado; b) será admitido o parcelamento, por no máximo 30 (trinta) meses, mediante o pagamento à vista de pelo menos 25% (vinte e cinco por cento) do valor do lanço; a oferta caução idônea; a atualização monetária das parcelas pelo IPCA-E e a cominação de multa de 10% (dez por cento), para hipóteses de atraso no pagamento, incidente sobre a soma da parcela inadimplida com as parcelas vincendas (art. 895 CPC);c) no parcelamento descrito no item anterior, a caução idônea será a hipoteca do próprio bem arrematado, se imóvel (art. 895, § 1º, CPC);d) a proposta de pagamento à vista prefere às propostas de pagamento parcelado e, entre estas, terá preferência a de maior valor (art. 895, § 7º, CPC);e) não serão aceitos lances inferiores a 50% (cinquenta por cento) do valor da avaliação (art. 891, parágrafo único, CPC; f) os créditos tributários pertinentes ao bem, assim como os de natureza “propter rem”, sub-rogam-se sobre o respectivo preço (art. 908, § 1º, CPC);g) no caso de lanço válido, lavre-se de imediato o respectivo auto de arrematação (art. 901, CPC), condicionando-se a expedição da respectiva carta ao decurso do prazo para impugnação (art. 903, § 3º, CPC), à realização do depósito, à oferta de garantia idônea, ao pagamento das custas e da comissão do leiloeiro e ao recolhimento do imposto de transmissão, conforme o caso (art. 901, § 1º, CPC);h) o executado poderá, a qualquer tempo, antes da arrematação, remir a execução, mediante pagamento ou depósito do valor atualizado da dívida, acrescido dos encargos, custas e honorários advocatícios (art. 826, CPC); I) o vencimento da parcela mensal é o dia 05 (cinco) de cada mês. Se no dia do vencimento das parcelas não houver expediente bancário, o vencimento prorroga-se até o próximo dia útil;J) O bem imóvel alienado parceladamente será transferido com hipoteca em favor do credor, cujos termos constarão da Carta de Arrematação, devendo ser registrada nas respectivas matrículas do Cartórios de Registro de Imóveis onde se encontram registrados os respectivos bens. Os arrematantes somente terão a liberação do gravame, após quitação total das parcelas pactuadas, com eventual multa pelo atraso, por ordem exclusiva do Juízo;Aplicam-se as regras do parágrafo único, do artigo 130, do Código Tributário Nacional, ou seja, a sub-rogação dos créditos tributários relativos a impostos cujo fato gerador seja a propriedade, o domínio útil ou a posse de bens imóveis, bem como os relativos a taxas pela prestação de serviços referentes a tais bens, e ainda, a contribuição de melhoria, ocorre sobre o respectivo preço. O bem em questão será vendido sem qualquer restrição ou ônus.Pelo presente, ficam logo intimadas as partes, nas pessoas de seus advogados, conforme o art. 889 do CPC. O presente edital será publicado na íntegra através do sítio www.cassianoleiloes.com.br (art. 887§ 2).
HISTÓRICO DE LANCES
APELIDO/PLACA ORIGEM DATA VALOR R$
Nenhum registro encontrado.
DESCRIÇÃO DETALHADA
Apartamento nº 301, localizado no 3º pavimento elevado, do Edifício Vitória Régia, sito na Rua Dona Rita de Souza nº 26, Casa Forte, nesta cidade, composto de sala de estar/refeições com varanda, dois quartos sociais, suíte com vestir, WC, suíte e WC, social, copa/ cozinha, circulação, área de serviço, quarto e WC, de empregada e vaga de garagem de nº 301, com uma área útil de 120,00m², área comum de 33,15m², totalizando uma área de 153,15m² e correspondendo-lhe uma fração ideal de 0,1111 do terreno próprio onde assenta o Edifício, que se confronta pela frente, com a Rua Dona Rita de Souza; pelo lado direito, com a casa nº 34, da Rua Dona Rita de Souza, pelo lado esquerdo, com a Rua Jerônimo de Albuquerque; e, pelos fundos, com a casa nº 147, da Rua Jerônimo de Albuquerque. Imóvel devidamente registrado no 2º Cartório de Registro de Imóveis de Recife/PE, sob a matrícula nº 37.871, sendo que a partir de 07/12/2017, a área do imóvel passou a pertencer à circunscrição do 06º Registro de Imóveis do Recife/PE.

AVALIAÇÃO: R$ 480.000,00 (quatrocentos e oitenta mil reais), em data de 10 de maio de 2019.